ÁSIA: O sentimento na Ásia era de festa nesta segunda-feira, com baixo volume de negociação por conta das férias de Natal, com o dólar recuando enquanto aguardam para ver se a administração do presidente eleito dos EU Donald Trump entregará as novas políticas econômicas “pro-crescimento” no próximo ano, após o índice de Dow Jones mais uma vez ficou aquém da marca de 20.000 pontos na sexta-feira.

No Japão, o índice Nikkei caiu 0,16%, após permanecer fechado na sexta-feira em comemoração ao aniversário do imperador. Stocks de automóveis caíram devido a um iene mais forte. O iene foi negociado a ¥ 117,11 por dólar, em comparação com ¥ 117,49 da sexta-feira em Nova York.Toyota caiu 1,4%, enquanto Mazda recuou 1,86% e Honda recuou 2,1%. O subíndice de transporte do Topix apresentou queda de 1,3%. Entre os ganhadores do dia no Japão, as ações da Nintendo dispararam 4,07% com a notícia de que vai lançar três novos jogos de smartphones no próximo ano.

Na China, o índice Shanghai Composite fechou em alta de 0,40%, com investidores atormentados por preocupações com a aparente determinação de Pequim em manter a política monetária relativamente apertada para esvaziar várias bolhas em ativos arriscados. A grande preocupação é a força do mercado imobiliário, porém há sinais de que o governo está insatisfeito com o mercado de habitação sobreaquecido e está determinado a manter uma linha dura para dissuadir o investimento especulativo no setor, prometendo estabelecer mecanismos de longo prazo que garanta um desenvolvimento sustentável para o setor. Preocupações com o mercado de títulos da China, após uma série de grandes “selloffs” nas últimas duas semanas também pesaram sobre o sentimento dos investidores chineses, além disso, pelo fato de ser fim do ano, as pessoas geralmente estão mais cautelosas.

Enquanto isso, o Kospi da Coreia do Sul subiu 0,09% e bolsa de valores de Taiwan avançou 0,2%. Mercados da Austrália, Nova Zelândia, Hong Kong, Indonésia, Malásia, Filipinas e Cingapura ficaram fechados.

O volume de negociação no mercado cambial durante o horário asiático também foi baixo porque muitos países não abriram por conta do feriado de Natal e onde houve negociação, os investidores aproveitaram para realizar lucro após recente aumento da moeda dos EUA impulsionada pela especulação de que o presidente eleito Donald Trump aumentar os gastos fiscais e introduzirá reduções de impostos, incluindo possivelmente um alívio fiscal para as empresas norte-americanas que repatriam os lucros realizados no exterior. Os participantes de mercado agora estão esperando para ver se Trump realmente tomará as medidas para melhorar a economia dos EUA. Se ele trabalhar bem com o Congresso, é provável que haja novas altas com o dólar, enquanto isso, analistas apenas observam se Trump expressará qualquer preocupação com o recente força do dólar, que poderia prejudicar a competitividade das empresas americanas nos mercados globais. O dólar consolidou-se com alta de 3.7% frente ao euro neste ano e ganhou 7,0% em relação ao yuan chinês em 2016, embora o dólar ainda caia 2,6% em relação ao iene no ano.

EUROPA: As principais bolsas da Europa não abrem nesta segunda-feira devido comemorações de Natal.

AGENDA DO INVESTIDOR:
EUA: Não está prevista a divulgação de indicadores econômicos. As bolsas de Wall Street permanecerão fechadas na segunda-feira após o feriado do Dia de Natal.

ÍNDICES FUTUROS:
Dow: —%
SP500: —%
NASDAQ: —%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado e a europeia no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

via HARAMOTO

Maioria das Bolsas Permanecem Fechadas