ÁSIA: Os mercados asiáticos avançaram nesta segunda-feira, após o Federal Bureau of Investigation (FBI) divulgar que a candidata presidencial Hillary Clinton não será indiciada por conta dos novos e-mail.

O benchmark australiana ASX 200 fechou em alta de 1,35%, contrastando com o péssimo desempenho da semana passada, quando o índice fechou em baixa de 2%, pela terceira semana seguida. Fortescue Metals Group saltou 3,4%, depois que os futuros de ferro chinês subiu para seu nível mais forte em mais de dois anos na sexta-feira. As gigantes anglo australianas tiveram altas mais modestas. BHP Billiton subiu 1,9% e Rio Tinto avançou 1,6%.

No Japão, o Nikkei 225 terminou 1,61% maior, após o iene desvalorizar frente ao dólar, sendo negociado a 104,43, ante níveis em torno de 103 na semana passada. Suzuki Motor saltou 7,19%, depois que elevou sua projeção de lucro em 2,4%, para 200 bilhões de ienes (US $ 1,92 bilhões), em comparação com um declínio de 7,8% no lucro no mesmo período do ano passado. A montadora japonesa disse que a atualização do guidance foi devido a vendas melhores do que o esperado nos mercados indianos e europeus.

O Banco do Japão divulgou a ata da reunião de setembro, que mostrou que um membro do conselho disse que o banco central deveria estar pronto para mobilizar plenamente todas as medidas políticas para atingir sua meta de inflação de 2%, enquanto outros compartilharam a opinião de que as pressões da inflação levaria tempo para aliviar, informou a Reuters.

Do outro lado do Estreito da Coreia, o Kospi fechou em alta de 0,79%. Em Hong Kong, o Hang Seng fechou 0,70% maior, apesar de um grande protesto em Hong Kong na noite de domingo contra a intervenção do principal órgão legislativo da China barrar na segunda-feira dois legisladores recém-eleitos de tomar posse sob protestos anti China que fizeram ao ser empossado no mês passado.  No continente chinês, o Shanghai Composite recuperou das perdas anteriores e subiu 0,26%.

O petróleo avançou durante o horário asiático após os futuros caírem pela sexta sessão consecutiva na sexta-feira nos EUA, em sinais de novas tensões entre a Arábia Saudita e o Irã, o que poderia inviabilizar o acordo de corte de produção que está sendo costurado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP).

EUROPA: Mercados acionários europeus operam em forte alta nesta segunda-feira após o Federal Bureau of Investigation dizer em sua revisão sobre os e-mails de Hillary Clinton não chegou a nenhuma conclusão. O índice Stoxx Europe 600 avança 1,17%, recuperando de uma queda de 0,8% na sexta-feira. Todos os setores são negociados em território positivo.

Continuando a temporada de resultados, HSBC e Ryanair divulgaram seus números. HSBC anunciou resultados piores do que o previsto, com lucro antes de impostos caindo 86% no terceiro trimestre, no entanto, suas ações começaram o pregão de segunda-feira com alta de mais de 3%. O HSBC saiu de dezenas de países e empresas desde 2011, no intuito de melhorar seus retornos. A venda de seus negócios no Brasil para o Banco Bradesco em julho contribuíram para que reportar uma perda líquida de $ 204 milhões no trimestre, contra um lucro líquido $ 5,23 bilhões nos mesmos três meses de 2015. A libra em queda e movimentos do dólar americano em relação ao peso mexicano também pesaram sobre os ganhos. A taxa de capital de base do banco, uma medida que mede a solidez financeira, subiu para 13,9% no terceiro trimestre.

Ryanair registrou lucro de 1,17 bilhões de euros (US $ 1,30 bilhões) nos primeiros seis meses de 2016, em linha com as expectativas. Como resultado, as ações da Ryanair estavam no topo do Stoxx 600, subindo mais do que 4%. Acompanhando as ações da Ryanair, PostNL também avançam depois de ter rejeitado uma oferta de aquisição melhorada da rival belga Bpost.

No Reino Unido, o FTSE 100 avança seguindo seus pares continentais com todos os setores ganhando terreno. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American sobe 3%, Antofagasta avança 3,7%, Glencore sobe 2,8%, enquanto entre as gigantes, BHP Billiton sobe 3,9% e Rio Tinto avança 3,3%. Rio Tinto disse que seu concurso anual de diamantes de sua mina Argyle na Austrália Ocidental que recebeu o maior preço médio por quilate desde que o concurso começou em 1984. A mineradora anglo-australiana não revelou o preço. A proposta da Rio Tinto para 2016 incluiu 63 diamantes raros rosa, vermelho e violeta e que a pedra mais preciosa era um diamante violeta 2,83 quilates, que foi vendida para a LJ West Diamonds nos Estados Unidos.

AGENDA DO INVESTIDOR:
EUA:
13h00 – Labor Market Conditions Index (compilação de vários dados de trabalho em uma única leitura, a fim de dar uma melhor visão do mercado);
18h00 – Consumer Credit de outubro (mede o total de crédito disponível ao consumidor);

ÍNDICES FUTUROS – 7h30:

Dow:  +1,46%
SP500:  +1,50%
NASDAQ:  +1,71%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado e a europeia no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

via HARAMOTO

RESENHA DA BOLSA – SEGUNDA-FEIRA 07/11/2016