ÁSIA:  Mercados asiáticos fecharam sem direção nesta segunda-feira, com investidores digerindo o segundo debate presidencial nos EUA, enquanto estoques de ouro recuperam parte das perdas em meio a uma fuga para ativos de segurança.

Na Austrália, o ASX 200 fechou em alta de 0,15%, impulsionado pelos sub índices materiais e financeiros, que avançaram 0,4 e 0,47%, respectivamente. Os ganhos compensaram as perdas de 0,81% do setor de energia. Entre os bancos, Macquarie Group subiu 0,26%, depois que o Financial Times informou que o banco australiano estava em negociações finais para adquirir o Green Investment Bank, em um negócio de 2 bilhões de libras ($ 2,49 bilhões). As grandes petrolíferas australianas seguiram a queda dos preços do petróleo. Santos caiu 2,82%, a Oil Search recuou 1,46% e Origin Energy deslizou 1,07%. Entre as mineradoras australianas, BHP Billiton avançou 0,5% e Rio Tinto subiu 0,1%.

Na Coreia do Sul, o Kospi terminou 0,15% maior, se recuperando de perdas anteriores. Os ganhos só não foram maiores porque as ações da Samsung Electronic, o componente mais pesado do índice, caíram 1,52%, após a fabricante de smartphones dizer que iria suspender temporariamente a produção do seu Galaxy Note 7 após relatos de novos casos de incêndios nos dispositivos substituídos.

Mercados chineses do continente fecharam em alta na volta do recesso do Golden Week. O Shanghai Composite fechou em alta de 1,45%, enquanto o Shenzhen Composto acabou em alta de 1,89%. O banco central da China definiu o ponto médio do yuan em 6,7008 contra o dólar, o nível mais fraco para o yuan desde setembro de 2010. A moeda é livre para flutuar em uma banda de 2% em relação ao ponto médio diário. A correção oficial do Banco do Povo da China (PBOC) para 6,7008 mostra a recente força do dólar dos EUA, mas a correção do yuan é maior do que a alta de julho deste ano e também o mais elevado em seis anos. O yuan chinês foi oficialmente incluído na cesta de moedas do Special Drawing Rights do Fundo Monetário Internacional a partir de 1 de Outubro.

Na Tailândia, o índice SET caiu 2,97%, provavelmente devido a notícias de domingo que o rei Bhumibol Adulyadej, de 88 anos de idade, estava com a saúde debilitada após uma sessão de hemodiálise. O par de moedas baht / dólar foi negociado em alta de 0,49%.

Mercados em Hong Kong, Japão e Taiwan ficaram fechados por conta de feriados.

EUROPA:  As bolsas europeias operam com volatilidade nesta segunda-feira, com investidores cautelosos após um fraco relatório de empregos dos EUA divulgado na sexta-feira e com a queda dos preços do petróleo pressionando o sentimento negativo.

O pan-europeu STOXX 600 opera entre altas e baixas, pressionado pelo setor de petróleo e gás, após os preços do petróleo caírem nesta segunda-feira, com dúvidas se o plano da OPEP de cortar a produção para conter excesso de oferta mundial seria apoiado por outros produtores, incluindo a Rússia.

Deutsche Bank volta a pressionar o setor bancário, após cair mais de 3%, após relatos de que o banco alemão em apuros ainda tem de alcançar um acordo de liquidação com o Departamento de Justiça dos EUA sob a acusação de ter vendido títulos lastreados em hipotecas.

Unicredit da Itália também cai, apesar de relatos de que um número significativo de bancos foram convidados a apresentar propostas para comprar a sua corretora online FinecoBank. Lloyds Banking Group segue em território negativo após o Citigroup cortar o seu o preço-alvo.

No  Reino Unido, o FTSE 100 opera em ligeira queda, após benchmark subir 2,1% na semana passada e se aproximou de recordes de alta, impulsionado por um contínuo declínio da libra esterlina em relação ao dólar. A queda da libra tem auxiliado o FTSE 100, que tem grande participação de multinacionais, como mineradoras, que possuem uma parcela de receita significativa no exterior. A libra opera em queda nesta segunda-feira, com compra a US $ 1,2422 em comparação com cerca de US $ 1,2438 na sexta-feira e as mineradoras seguem seu curso de alta. Fresnillo sobe 2,16%, Antofagasta sobe 1%, enquanto Anglo American, BHP Billiton e Rio Tinto avançam 0,9%. Os preços do ouro também registram ganhos nesta segunda-feira.

EUA: Escolas, bancos, repartições públicas ficam fechados nesse feriado de Colombus Day, mas Wall Street funcionará e promete uma abertura em ligeira alta nesta segunda-feira, com investidores digerindo o segundo debate presidencial dos EUA neste domingo, enquanto mantém um olhar atento sobre o preço do petróleo.

Na noite de domingo, os candidatos presidenciais Donald Trump e Hillary Clinton subiram ao palco na Universidade de Washington para participar no segundo debate presidencial, antes da eleição em novembro, discutindo temas como Obamacare, impostos e políticas dos Estados Unidos e sobre a guerra civil na Síria. Ao longo de todo o debate, os índices futuros de ações detinham uma posição ligeiramente mais elevados, apesar de nenhum um vencedor aparente de acordo com leituras vários dos analistas.

Entre os discursos de autoridades do Fed, os investidores prestarão atenção no discurso do presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evans, que deve falar sobre a economia e política monetária em Sydney, na Austrália, no Australian Business Economists Luncheon.

ÍNDICES FUTUROS – 9h00:
Dow:  +0,31%
SP500:  +0,37%
NASDAQ:  +0,33%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado e a europeia no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário da disponibilização dos dados.

via HARAMOTO

RESENHA DA BOLSA – SEGUNDA-FEIRA 10/10/2016